Conheça a delegação que representará o Brasil no Youth 20, na China

Após analisar mais de 120 inscrições, de quase todos os estados do país, e currículos competitivos, o Instituto Global Attitude anuncia oficialmente a delegação que participará do Youth 20 (Y20), realizado em Pequim e Xangai (China), nos dias 24 a 30 de julho.

O Y20 é o grupo oficial de compromisso da juventude do G20, que oferece a oportunidade de discutir questões globais e propor soluções a líderes mundiais. Neste ano, a Cúpula Y20 fará debates sob o tema “Innovation and Partnership for an Inclusive World” (Inovação e Parceria para um Mundo Inclusivo). Os resultados da reunião serão expostos aos líderes do G20, que levarão em conta a perspectiva da juventude durante suas discussões.

A delegação assistirá a debates e reuniões entre líderes mundiais e participará ativamente na discussão e elaboração de recomendações sobre questões importantes da agenda internacional.

Conheça a delegação:

ariel4Ariel Macena é arquiteto, consultor e designer de serviços especialista em Políticas de Saúde Pública e Inovação. Atua como consultor para governos, trabalhando em todos os setores do projeto: do diagnóstico à implementação. Sua metodologia de trabalho é o Design Thinking, tendo bastante experiência em desenvolver processos participativos e facilitação, reminiscências de sua época de trabalho voluntário na ONG TETO. Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela USP, com pós-graduação na PUC em Gestão de Políticas Sociais. Além de consultor, possui uma coluna semanal sobre política no site de notícias Amplifique-se e está em fase de criação de um canal no YouTube para explicar conceitos básicos de política: o Dicionário de Politiquês.

fernandaFernanda Magnotta é mestre e doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais (PPGRI) San Tiago Dantas (UNESP/UNICAMP/PUC-SP), pós-graduada em Globalização e Cultura pela FESP-SP e bacharel em Relações Internacionais pela FAAP. Desenvolve pesquisa no campo de Teoria Política, Teoria das Relações Internacionais, Análise de Política Externa e, especialmente, em Política Externa dos Estados Unidos. Foi estagiária no Americas Program do Center for Strategic and International Studies (CSIS), em Washington (EUA), e atualmente é professora e coordenadora do curso de Relações Internacionais da FAAP. Autora do livro “As Ideias Importam: o Excepcionalismo Norte-Americano no Alvorecer da Superpotência” (2016), pela editora Appris, e pesquisadora do Núcleo de Estudos e Análises Internacionais (NEAI), ligado ao IPPRI/UNESP.

pedroPedro Oliveira é graduado em Marketing pela Universidade Anhembi Morumbi, com um ano cursado na Universidad Europea de Madrid. Depois de alguns anos trabalhando no mercado publicitário/marketing e atuando como voluntário em ONGs, passou a se dedicar integralmente a causas socioambientais. Já trabalhou como diretor de Comunicação e Comercial da ONG TETO- Brasil (TECHO), visando melhorar sua estratégia de divulgação, posicionamento e sua arrecadação de fundos para o trabalho de superação da pobreza no país, atuando junto a moradores de favelas no Brasil e em outros países da América Latina. Fez o curso de “Formação Cidadã” na Escola de Governo e atualmente trabalha como Coordenador Nacional de Planejamento Estratégico no Greenpeace Brasil.

petrinaPetrina Santos é graduada em Gestão Ambiental pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH) e graduanda em Engenharia de Produção pela IBS-FGV, com aperfeiçoamento profissional em gestão de negócios de impacto pela Fundação Dom Cabral (FDC). Possui relevante experiência na área de gestão com foco em sustentabilidade, empreendedorismo e educação, no setor privado e no terceiro setor, com trabalhos realizados nas regiões Sudeste, Norte e Nordeste do Brasil. Petrina foi o finalista internacional do prêmio TIC Americas 2013, da PepsiCo, e premiada pelo Estado de São Paulo como Jovem Liderança (2016). Trabalhou como juíza em competições de robótica pela SESI | LEGO e para competições de sustentabilidade pela FDC e Fecomércio São Paulo.

thomazThomaz Talarico é bachalerando em Engenharia Mecânica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Fez um curso de curta duração em Business na London School of Economics (LSE), na Inglaterra, e um semestre de intercâmbio acadêmico na Université Paris Dauphine, na França. Atualmente é estagiário analista no Secretariado de Relações Mundiais da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), baseado em Paris. Como voluntário, faz parte da plataforma global Euro-BRICS Youth, onde participou de eventos e palestras promovendo a construção de uma governança global inclusiva. Thomaz é finalista da Competição de Inovação em Governança Global, iniciativa do programa de desenvolvimento das Nações Unidas na China, com seu projeto para inserção de jovens no mercado de trabalho denominado “Integra.Mil Social”, baseado na Lei federal de Aprendizagem.

Aos que não foram selecionados, não se desanimem, o Diplomacia Civil está com inscrições abertas para formar a delegação que irá ao Annual Meetings 2016. Corre, que o prazo vai até este domingo (17), às 23h59.