Conheça delegação que participará do maior fórum para desenvolvimento social e global

Nossa primeira delegação para 2019 está pronta para viajar! Oito jovens brasileiros representarão o Diplomacia Civil na 57o Commission for Social Development, em Nova York, EUA, que acontece entre os dias 9 e 15 de fevereiro. Realizado anualmente na sede da ONU, o fórum tem como objetivo discutir temas-chave voltados ao cumprimento e desenvolvimento de políticas sociais de caráter geral.

Considerada uma das comissões de maior relevância para abordar o desenvolvimento social e global, o tema principal deste ano será “Abordar as desigualdades e os desafios para a inclusão social através de políticas fiscais, salariais e de proteção social”. Buscando dar seguimento ao cumprimento dos objetivos da Agenda 2030, o fórum destacará, ainda, os progressos realizados e revisará planos de programas de ação voltados principalmente a: equalização de oportunidades a pessoas com deficiências; Programa Mundial de Ação para Juventude; Plano de Ação Internacional de Madrid sobre o Envelhecimento; e questões de Família.

Como processo preparatório para a viagem, os delegados passam por cinco workshops e estão em fase de finalização de seus artigos, com temas voltados ao assunto do fórum – sugeridos por eles mesmos -, orientados por um professor especialista. Já em Nova York, a delegação conta, além das palestras e debates do evento, com agenda exclusiva de reuniões e encontros com líderes e especialistas, promovidos pela coordenação do Diplomacia Civil.

Conheça os selecionados:

Caio Uliana é graduando em Direito pela PUC-Rio, com bolsa integral. Estudou na Harvard Extension School sobre Teoria Geral dos Contratos e na Thomas Jefferson School of Law sobre Civil Procedures e Corporate Law, tendo realizado outros cursos de curta e média duração na Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil (ESA-OAB) e na Fundação Getúlio Vargas (FGV). Vem desenvolvendo artigo acadêmico sobre Business Judgment Rule, com foco no Direito Comparado e na aplicação pela Comissão de Valores Mobiliários no Brasil. Trabalhou em escritório de advocacia e consultoria voltado às áreas de Direito Societário e Mercado Financeiro. Atualmente, trabalha no escritório Barbosa Müssnich Aragão (BMA Advogados).

Cristal de Oliveira é graduada em Relações Internacionais pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e pós-graduanda em Gestão em Inovação em Impacto Social, já tendo trabalhado em áreas como o setor de imigração no Departamento de Polícia Federal, empresa de Consultoria e Startup de meios de pagamento. Ingressou na International Connector, Consultoria Internacional boutique em desenvolvimento organizacional pautado nas tendências de Millenials e Gerazão “Z”. Foi voluntária no projeto de Encontro de Jovens Transformadores e da Teto.

 

Fernando Luz é graduado em Administração e pós-graduando em Inteligência Estratégica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É especialista em Finanças pela University of La Verne, Estados Unidos. Trabalhou por seis anos no Banco do Estado do Rio Grande do Sul, foi delegado sindical do SindBancários RS por dois mandatos e foi diretor de Governança e Gestão do município de Esteio. Atualmente, é Vereador suplente e Diretor de Eventos na mesma cidade, trabalhando na realização de atividades sociais, esportivas e culturais.

 

Gustavo Dénes é graduado em Economia pela FEA-USP, especialista em Língua e Cultura Húngara pelo Instituto Balassi-Budapeste, mestre em Estudos em Desenvolvimento pelo International Institute of Social Studies – Erasmus University of Rotterdam e pós-mestrado em Desenvolvimento Internacional pelo Centre for International Development Issues Nijmegen – Radboud University of Nijmegen. Atualmente, é mestrando em Direito e Desenvolvimento pela Escola de Direito de São Paulo, pesquisando justiça tributária no Brasil em âmbito da tributação sobre o consumo, a partir de uma perspectiva baseada em direitos econômicos, sociais e culturais. Como voluntário, contribuiu para iniciativas de justiça de transição da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça e realizou interpretação para procedimentos criminais envolvendo cidadãos estrangeiros, além de participar em grupo escoteiro há 25 anos. Atua como assistente de assuntos econômicos no Consulado-Geral da Hungria em São Paulo.

Hannah Vilán é graduada em Direito pela Faculdade Baiana de Direito e Gestão. Durante sua trajetória escolar foi selecionada para intercâmbio multicultural em Portugal, no Colégio Valsassina. Frequentou a escola de inglês anglo-continental na Inglaterra, finalizando seus estudos na Matthew Mcnair em Richmond, Canadá. Durante a graduação, participou como Oradora nas rodas nacionais e internacionais da 21 Annual International Environmental Moot Court Compettiton, sediada na Universidade de Stetson, nos EUA. Foi contemplada com uma bolsa de estudos na Pazmany Peter Catholic Université, na Hungria, onde aprofundou seus estudos na temática de Direito Internacional e Direito Ambiental Internacional.

Larissa Araujo Aniceto é graduanda na Fundação Instituto de Administração (FIA), com experiência em responsabilidade social corporativa no Instituto Votorantim. Foi embaixadora Choice, maior movimento de liderança jovem brasileira, desenvolvendo projetos sobre empoderamento feminino e educação de qualidade. Participou de organizações não-governamentais como a AIESEC, Rotary e TETO.

 

 

Priscila Caneparo é Professora de Direito Internacional Público, Direito Humanos, Direito Constitucional e Ecopolítica Internacional. Graduada pelo Centro Universitário Curitiba, Especialista em Direito Internacional, Mestra em Direito das Relações Econômicas Internacionais e Doutora em Direito das Relações Econômicas Internacionais  pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Membro da Comissão de Direito Internacional da OAB/PR, Membro associado do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito (CONPEDI) e da Academia Brasileira de Direito Internacional. Pesquisas voltadas, especialmente, aos temas de Direito Internacional Público e Direitos Humanos.

Rebeca Tabosa é graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e mestra em Gestão e Desenvolvimento Urbano pelo Institute for Housing and Urban Development Studies (IHS) Erasmus University Rotterdam. Fez curso de curta duração em Gestão de Projetos na Galilee International Management Institute em Israel e um ano de intercâmbio acadêmico na University of East London, Reino Unido. Foi estagiária na Superintêndencia de Obras e Plano do Desenvolvimento do Estado da Paraíba (SUPLAN) e bolsista de iniciação científica PIBIC. Possui artigos publicados em revistas e anais, incluindo Sodebrás, Pluris e WIT Transactions.

Instituto Global Attitude agradece a todos os inscritos na seleção. Para saber sobre o que os delegados estarão vivenciando no evento, acompanhe as nossas redes sociais (FacebookTwitter e Instagram), onde promovemos a cobertura do programa.