Conheça delegação que participará do Spring Meetings 2018, em Washington

Mais uma delegação do programa Diplomacia Civil se prepara para participar de um fórum internacional. Nesta segunda-feira (16) oito jovens partem para Washington, Estados Unidos, para o Spring Meetings 2018, evento anual promovido pelo Banco Mundial e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), que acontece entre os dias 16 e 22 de abril.

Focado no debate em questões da economia global, desenvolvimento internacional, mercados financeiros mundiais e no progresso das políticas adotadas pelas duas organizações durante o ano, o Spring Meetings conta, ainda, com o Civil Society Policy Forum, evento paralelo e complementário, do qual nossos delegados também participarão.

A delegação passou por workshops preparatórios para a viagem e contou com orientação de um professor especialista para produzir artigos com temas voltados ao assunto do fórum, sugeridos pelos próprios delegados. Além da participação em palestras e debates do Spring Meetings, o Diplomacia Civil promove, ainda, uma agenda exclusiva de reuniões e encontros com líderes, especialistas e diplomatas.

Conheça os delegados:

Arthur Pieper Neto é formado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina, tendo uma breve experiência acadêmica nos cursos de Geografia (UFSC) e Administração de Serviços Públicos (UDESC). Ingressou na Justiça Estadual de Santa Catarina em 2015, após aprovação em concurso, e ocupa o cargo de Assessor de Gabinete na 1ª Câmara de Direito Público do TJSC desde 2017. Já trabalhou como bolsista de Iniciação Científica em Informática Jurídica e como estagiário no Ministério Público de Santa Catarina e em Comarcas da grande Florianópolis. Exerceu trabalho voluntário na AIESEC e no Juizado Especial Cível e fez Intercâmbio Profissional no Campus de Sagunto, Espanha, por um semestre.

Bruno Zorzetto Rech é graduando em Economia Internacional e Finanças na Universidade Bocconi, em Milão, Itália. Realizou curso de extensão em Direito Financeiro Internacional na London School of Economics. Trabalhou como voluntário na organização Agenda 20/20 em Porto Alegre e na World Newsmedia Association “WAN-IFRA”, em Frankfurt, Alemanha. É membro fundador da Quantitative Finance Society em Milão e possui grande interesse nas áreas de política monetária e economia internacional.

 

 

Catherine Orzes Shirazi é graduanda em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). No decorrer de sua formação, participou de diversos cursos e atividades extracurriculares, dentre eles o Grupo de Estudos em Arbitragem da PUC-SP, e foi oradora pela universidade na VIII Competição Brasileira de Arbitragem e Mediação Empresarial da CAMARB – Câmara de Arbitragem Brasileira. Além do interesse pela área comercial e corporativa do Direito, tem experiência em áreas como Societário e M&A, e, atualmente, trabalha como estagiária de Mercado de Capitais em escritório referência na área.

 

Lina Câmara é advogada e mediadora, Master of Laws (LL.M.) pela University of St. Thomas (EUA), premiada com a bolsa Dean’s Scholarship, e possui extensão acadêmico-executiva em Negociação pela Harvard University. Possui, ainda, educação continuada em programas como o Top China, na Shanghai Jiao Tong University, e no programa de Negociação e Mediação da Columbia University – NY, ambos os quais foi premiada com bolsa integral. Em 2015, recebeu Menção Honrosa concedida pela Escola de Magistratura do Ceará por sua atuação em projetos sócio-educativos de Mediação junto ao judiciário cearence. Atualmente, coordena projetos junto ao Fórum de Jovens Empreendedores do Ceará como membro ativo, além de atuar na advocacia privada, em consultivo e contencioso empresarial.

Lucas Otero Lima é graduando em Relações Internacionais pela ESPM-Sul. Fez parte do programa Miniempresa da Junior Achievement, no Colégio Marista Rosário (Porto Alegre), onde também foi Diretor de Marketing do Grêmio Estudantil. Em 2015, participou do Movimento Empresa Júnior por meio do cargo de diretoria comercial, na Global Júnior ESPM-Sul. No mesmo ano, foi Diretor de Comunicação do Grande Capítulo Estadual (GCE-RS) da Ordem DeMolay Gaúcha e, então, iniciou sua caminhada no empreendedorismo social e em pesquisas na linha de desenvolvimento sustentável. Foi Gerente Comercial da BrasilBev, empresa gaúcha de bebidas orgânicas e funcionais. Atualmente, é responsável por Novos Negócios na Plugar Data & Intelligence, empresa que atua no nicho de Inteligência de Mercado.

Maria Lívia de Souza é economista pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi estagiária do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) por dois anos, onde adquiriu experiência com análise de capitais intangíveis, dentre os quais, governança, sustentabilidade socioambiental e inovação. Fez o curso de especialização em finanças, “Jovens Profissionais”, do Instituto COPPEAD/UFRJ. Durante a graduação, também foi monitora da disciplina de Matemática I no curso de economia. Atualmente, é mestranda em Economia pela UFRJ e dá aulas de inglês na ONG “Mais Caminhos”.

Tainah Pereira é mestranda em Ciência Política na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e bacharel em Relações Internacionais pela Universidade Estácio de Sá. Desenvolve pesquisa nos campos de Economia, Política Internacional, Teoria Política e Teoria de Relações Internacionais, com foco no BRICS. Já trabalhou como Analista de Comércio Exterior e estagiou por dois anos no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), onde atuava na extinta Área Internacional; Departamento de Captação de Recursos e Relacionamento Institucional Internacional, auxiliando nas tratativas de acordos de cooperação entre o BNDES e instituições brasileiras e estrangeiras. Chegou a ser Secretária-Geral da Simulação da Organização das Nações Unidas (SiONU 2013), uma das simulações da ONU mais tradicionais do Brasil.

Yuri Jordy é advogado, sócio do escritório Cunha, Jordy e Pinheiro Advocacia, em Belém e professor universitário de Direito Ambiental, Administrativo e Tributário na Universidade Faci Wyden, também em Belém. Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Pará – UFPA, é especialista em Direito Eleitoral pela Universidade Uniderp em parceria com o Instituto Luiz Flávio Gomes (LFG) e possui Mestrado e Doutorado em Direito pela Universidade de São Paulo – USP, com área de pesquisa em Direito Econômico e Financeiro, voltado à mineração e ao meio ambiente. Recebeu o prêmio José Bonifácio de Andrada e Silva, concedido pelo Instituto “O Direito por um Planeta Verde”, em 2014, pelo trabalho sobre Licenciamento Ambiental na Amazônia. É filiado ao Partido Popular Socialista – PPS, tendo sido candidato a Vereador de Belém em 2016. Ex-atleta de natação, é Presidente da Federação Paraense de Desportos Aquáticos – FPDA.

O Instituto Global Attitude parabeniza os selecionados e agradece a todos os inscritos na seleção. Para saber tudo sobre o que os delegados estarão vivenciando no evento, acompanhe as nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), onde promovemos a cobertura do programa.