Conheça os selecionados para compor a delegação do Diplomacia Civil que embarca amanhã para o World Urban Forum

Prestes a embarcarem, esses delegados passarão pela indescritível experiência de dividirem espaço e discutirem com tomadores de decisão internacionais em Abu Dhabi, onde ocorre o World Urban Forum, entre os dias 6 e 14 de fevereiro.

O Fórum 

O World Urban Forum (WUF) foi estabelecido pelas Nações Unidas em 2001 com o objetivo de discutir uma das questões mais urgentes do mundo hoje: a acelerada urbanização e seus impactos nas comunidades, cidades, economias, mudanças climáticas e políticas. Realizado pelo UN Habitat, o fórum é uma plataforma bianual, aberta e inclusiva que promove diálogos de de alto nível com o objetivo de buscar resoluções para os desafios da urbanização sustentável.
O fórum possui os seguintes objetivos: 1) aumentar a conscientização acerca da sustentabilidade na urbanização entre investidores e constituintes, incluindo a sociedade civil; 2) desenvolver o conhecimento coletivo sobre desenvolvimento urbano sustentável através de debates e compartilhamento de boas práticas e políticas públicas; 3) promover colaboração e cooperação entre as diversas partes envolvidas com o avanço e a implementação da urbanização sustentável.
Em sua décima edição, a ser realizada em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, de 8 a 13 de fevereiro de 2020, o tema a ser discutido será “Cities of Opportunities: Connecting Culture and Innovation”.
O tema será amplamente discutido em 6 sessões de diálogo que buscarão fazer um balanço das abordagens e práticas emergentes mais inovadoras que buscam aproveitar cultura e inovação como impulsionadores da urbanização sustentável e chegar a soluções que conectem urbanização, cultura e inovação como base para alcançar cidades e habitações mais inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis. 
Os diálogos promoverão a sinergia entre tradição e modernidade, criando espaços de convergência para comunidades multiculturais e multigeracionais além de explorar o papel da cultura e da inovação na implementação da New Urban Agenda para o cumprimento das dimensões urbanas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030.

 

Conheça a delegação:

Eurídice Hernandes é formada em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas e atualmente cursa o último ano de Direito na mesma instituição. Trabalha como assistente de pesquisa na área de estudos urbanos do CEPESP (Centro de Estudos em Política e Economia do Setor Público) e já estagiou na Prefeitura de Buenos Aires na área de cidades inteligentes e dados abertos. Pesquisou durante um tempo a temática de desenvolvimento local e moedas sociais, tendo publicado um artigo sobre bancos comunitários digitais no IJCCR journal, mas hoje concentra suas pesquisas na pauta de cidades e sustentabilidade, apresentando artigos sobre essas temáticas em congressos como o ENANPAD. Finalista do programa Talentos do Legislativo do Legisla Brasil acredita que a política tem que ser mais acessível e cidadã para que cidades se tornem lugares melhores para se viver. 

 

Marcelo Ignatios é arquiteto e urbanista, especialista em Desenvolvimento Imobiliário. No setor privado, atuou no segmento de loteamentos de bairros planejados. Na área pública tem experiência de mais de 10 anos em planejamento urbano e habitação de interesse social (HIS), sendo que desde 2013 colabora com a Prefeitura de São Paulo na empresa municipal SP-Urbanismo, tendo sido responsável pela realização dos estudos econômicos no âmbito do novo Plano Diretor Estratégico (Lei n. 16.050/14), da revisão da lei de zoneamento (Lei n. 16.402/16) e das operações urbanas consorciadas, aferindo e simulando cenários de transformação urbana, e realizando projetos de parcerias público-privadas. Desde 2017 é membro da diretoria do Instituto de Arquitetos do Brasil (IABsp), tendo fundado no mesmo ano a consultoria Alimento Urbano com a finalidade de assessorar empresas e municípios em planejamento urbano e projetos envolvendo as cidades.

 

Pedro Caio de Oliveira Freitas é graduando de Relações Internacionais pela Universidade Anhembi Morumbi. Trabalha atualmente como estagiário na área de inteligência comercial na empresa Syngenta proteção de cultivo. Possui experiência internacional como intercambista na instituição ILAC (International Language Academy of Canada) e como jogador de basquete.