Delegação participa de evento da OMS no Cazaquistão. Conheça selecionados

Nesta quarta-feira (24), seis delegados do Diplomacia Civil aterrissam em Astana, Cazaquistão, para participar do Global Conference on Primary Health Care, fórum da Organização Mundial da Saúde (OMS), em parceria com o Fundo da ONU para a Infância (UNICEF), que acontece durante esta semana.

Completados 40 anos da Declaração de Alma-Ata, documento que busca promover a saúde a todos os povos do mundo, assinado durante a Conferência Internacional sobre Cuidados Primários de Saúde no Cazaquistão em 1978, o Global Conference on Primary Health Care tem como objetivo renovar este comprometimento, ao mesmo tempo em que discute novos objetivos e soluções que alcancem a cobertura universal de saúde e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

Os delegados passaram por workshops preparatórios para a viagem e produziram artigos com temas voltados ao assunto do fórum – sugeridos por eles mesmos -, orientados por um professor especialista. Já em Astana, a delegação contará, além das palestras e debates do evento, com agenda exclusiva de reuniões e encontros com líderes e especialistas, promovidos pela coordenação do Diplomacia Civil.

Saiba mais sobre a delegação:

Camille Zanin é graduanda em Medicina na Universidade São Francisco de Bragança Paulista e começou a faculdade como coordenadora local na IFMSA (International Federation of Medical Students Association). Atuou no Sensibilizarte – projeto de humanização da medicina que leva aos pacientes internados musicoterapia, palhaçoterapia, artesanato e contação de histórias – e idealizou e implementou o projeto voluntário PETerapia no asilo municipal, foi vice-presidente da Liga de Semiologia e Propedêutica, coordenadora do I Simpósio de Radiologia e coordenadora social do Centro Acadêmico. Participou de intercâmbio de pesquisa pela IFMSA em saúde mental na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, em Portugal. Foi aluna bolsista do CNPQ para graduação sanduíche em Biomedical Sciences pela Middlesex University em Londres, Reino Unido, pelo programa Ciência Sem Fronteiras.

Fabiana Pinto Fernandes é graduanda em Saúde Coletiva no Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ. Realiza pesquisa sobre a História da Atenção Primária à Saúde no Brasil, com foco na construção da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) no Observatório História e Saúde, da Fundação Oswaldo Cruz. Atualmente, faz estágio na área de vigilância epidemiológica no Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente, o Instituto Fernandes Figueiras, da Fundação Oswaldo Cruz. Realizou estágio na gestão e coordenação do cuidado da atenção primária à saúde no Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria/Fiocruz. Além disso, é escritora e co-autora do livro infanto-juvenil sobre relações raciais e de gênero, Capitolina (Companhia das Letras, 2016). Atua como articuladora da campanha Mulheres Negras Decidem da Rede Umunna, campanha focada no combate à sub representatividade de mulheres negras na política institucional brasileira.

Guilherme Borges é graduando em Medicina na PUC-SP e atual presidente e co-fundador da Santé Jr., uma das primeiras empresas juniores no setor da saúde. É fellow do ProLíder, programa de formação de lideranças jovens que visa engajá-las em discussões sobre o cenário atual brasileiro ao lado de grandes nomes, assim como propiciar a criação de negócios transformadores capazes de contribuir para o desenvolvimento do país. Já colaborou com o desenvolvimento de um projeto na área da educação junto com outros jovens da mesma iniciativa. Atualmente, é bolsista CNPq do programa de iniciação científica no Laboratório de Biomateriais da PUC-SP, onde tem desenvolvido pesquisas na área de bioengenharia.

Priscila Vieira é graduanda em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Atualmente, faz parte do voluntariado acadêmico no Hospital Erasto Gaertner e no Hospital do Trabalhador em Curitiba. Anteriormente, participou da direção da Liga Acadêmica de Saúde e Marginalização Social da Universidade Federal do Paraná e do Diretório Acadêmico Nilo Cairo, foi bolsista CNPq para iniciação científica na área de biologia celular, em reversão tumoral. Suas linhas atuais de pesquisa permanecem entre pediatria clínica e cirurgia plástica.

 

Victor Mello é graduado em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Trainee em Inteligência Médica no Grupo Fleury, com experiência prévia na área de Planejamento Financeiro. Durante a graduação participou do Grupo de Incentivo à Redução, Reutilização e Reciclagem (GIRe³) e como voluntário no grupo Cozinheiros de Plantão. Estudou Engenharia Mecânica na Budapest University of Technology and Economics (BME) como bolsista do Programa Ciência Sem Fronteiras, onde realizou estágio e pesquisa no Laboratório de Engenharia de Polímeros. Realizou estágio no Centro de Tecnologia e Inovação da Braskem e trabalhou como Gerente de Projetos na Tapps Games, com experiência nas metodologias Waterfall e Agile.

Vinícius Leal é graduando em Medicina e bolsista do Programa Universidade Para Todos (ProUni) na PUC-SP. Atualmente, encontra-se no internato, já tendo cumprido parte do estágio em Saúde Coletiva, o qual busca desenvolver as habilidades do profissional médico no âmbito da atenção primária à saúde (APS). Atuou por dois anos como bolsista do programa de iniciação científica no Laboratório de Biomateriais da PUC-SP. Foi, ainda, um dos fundadores da Santé Jr., a primeira empresa júnior na área da saúde dentro da PUC-SP, com o objetivo de fomentar a cultura empreendedora e o engajamento em processos transformativos entre os futuros profissionais de saúde.

Instituto Global Attitude agradece a todos os inscritos na seleção. Para saber sobre o que os delegados estarão vivenciando no evento, acompanhe as nossas redes sociais (FacebookTwitter e Instagram), onde promovemos a cobertura do programa.