Indicador de pobreza multidimensional deve medir renda, vulnerabilidade e acesso a direitos básicos de população carente

Se você pudesse reduzir a pobreza no mundo, qual critério utilizaria para identificar os pobres dos não pobres? A renda, a vulnerabillidade social ou a falta de acesso a direitos básicos?

Ao WWP, o secretário nacional de Avaliação e Gestão da Informação do Ministério Do Desenvolvimento Social E Combate A Fome – MDS, Paulo Jannuzzi, ressaltou a necessidade de se criar um indicador de pobreza multidimensional que seja “sensível ao conjunto de ações e políticas [de proteção social] que vários países vêm atuando” como parte da agenda 2015-2030 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), das Nações Unidas.

A pobreza multidimensional é esse conceito operacional que reflete essa situação de falta de acesso à cidadania, direitos básicos consagrados a todo cidadão, e também à renda básica para a sua sobrevivência.

Além da renda, este indicador mediria o acesso a serviços para a população mais vulnerável.

Acesse aqui a entrevista na íntegra e entenda como funcionaria este índice.