Instituto Global Attitude se reúne com instituições dos países do BRICS em encontro na Rússia

Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Ou, para os íntimos, BRICS. Todos os anos, chefes de Estado e Governo desses países se reúnem para debate em um evento chamado BRICS Summit. Até então, esse encontro era voltado a altos líderes, empresários e acadêmicos, mas em 2015 isso pode mudar.

1_Russia_2015 - Foto: NKIBRICS

Isso porque o governo russo, responsável pela organização do BRICS Summit deste ano, planeja implementar 2 novos fóruns, o Civic BRICS e o BRICS Youth. A intenção é dar espaço a outras vozes dentro dos países que compõem o BRICS, envolvendo jovens e sociedade civil em assuntos de interesse para a entidade.

Para isso, no início de março, o Instituto Global Attitude se reuniu com as instituições correspondentes de cada país do BRICS e representantes do governo russo, em Moscou, na Rússia, para pensar na dinâmica dos eventos. O objetivo era aproximar os possíveis responsáveis para seleção, treinamento e coordenação das delegações de jovens ao Civic BRICS e BRICS Youth.

O Civic BRICS será destinado ao debate entre representantes da sociedade civil à respeito de assuntos relavantes para a sociedade como um todo – saúde pública, educação, cultura, problemas de urbanização, desenvolvimento, finanças, resolução de conflitos, entre outros. Para isso, contará com a participação de organizações não-governamentais, comunidade acadêmica, peritos independentes e cidadãos dos países-membros e outros relevantes às discussões.

3_Russia_2015 - Foto: NKIBRICS

Já o BRICS Youth é o canal específico para engajamento dos jovens na agenda de discussão do BRICS programada para 2015, o que comprova a relevância crescente dessa camada da sociedade nos processos de decisão política.

Os eventos ocorrerão em Moscou e Kazan e estão em processo de estruturação. Quando confirmados, o Instituto Global Attitude poderá atuar no processo de formação da delegação brasileira. No momento, somos parte do Painel de Educação do Civic BRICS 2015.